Proibição de Testes em Animais no México
O México tornou-se no primeiro país da América do Norte a proibir os testes em animais em produtos cosméticos. Existem agora 41 nações no mundo que não permitem que os cosméticos sejam testados em animais.
Liliana Teles

Liliana Teles

O MÉXICO É O PRIMEIRO PAÍS DA AMÉRICA DO NORTE A PROIBIR OS TESTES COM ANIMAIS

No México, não é mais permitido testar produtos cosméticos em animais. A nova lei também proíbe o fabrico, importação e comercialização de produtos cosméticos testados em animais provenientes de outras partes do mundo.

A Human Society International (HSI) e a organização ONG Te Protejo têm feito campanha lado a lado durante anos para conseguir uma proposta de proibição da parte do governo. O filme de animação stop-motion ‘Save Ralph’ (do HSI) contribuiu fortemente para a decisão do governo mexicano, pois o vídeo ajudou a gerar mais de 1,3 milhão de assinaturas para petição no México. O filme conta a história de um coelho “teste” através de vozes de um elenco de estrelas multinacional e multilíngue, e refere todos os tipos de procedimentos que são realizados durante a testagem de produtos cosméticos. O vídeo tornou-se viral por todo o mundo, tendo mais de 150 milhões de visualizações nas redes sociais e mais de 740 milhões de tags no TikTok.

Existem várias empresas de cosméticos (Unilever, P&G, L’Oréal, Avon, Lush e outras) que estão a trabalharem conjunto com a HSI através da Animal-Free Safety Assessment (AFSA) com o objetivo de criar um currículo para apoiar empresas menores e autoridades governamentais a compreender e confiar nos resultados de abordagens que não envolvam animais, a fim de implementar na totalidade as proibições de testes em animais.

O Diretor Executivo da HSI, Antón Aguilar, disse: “Agradecemos ao Governo mexicano por mostrar liderança nesta importante questão e continuaremos a trabalhar com eles para implementar os compromissos e impor uma proibição robusta. Este é um passo monumental para os animais, consumidores e ciência no México, e esta legislação inovadora abre o caminho para as Américas se tornarem o próximo mercado de beleza livre de crueldade e traz-nos um ‘salto de coelho’ mais perto de uma proibição global. ”

Existem agora 41 países (incluindo o México) no mundo que proibiram os testes de cosméticos em animais. Além disso, 7 estados nos EUA e 10 estados no Brasil também promulgaram proibições. Nova Jersey, Rhode Island e Nova York são 3 estados dos EUA que também estão a considerar projetos de lei semelhantes, e existem projetos de lei federais pendentes de reintrodução nos EUA e Canadá.

Se desejar saber mais sobre abordagens de testes alternativos (não baseadas em animais) aplicáveis a produtos cosméticos e outros assuntos relacionados, não hesite em contatar-nos em info@criticalcatalyst.com.

Referências:

  1. Human Society International (HSI). Be Cruelty-Free Campaign. Available from: [https://www.hsi.org/issues/be-cruelty-free/]
  2. Human Society International (HIS). News & Media. Mexico becomes first country in North America to outlaw animal testing for cosmetics. Semptember 2, 2021. Available from: [https://www.hsi.org/news-media/mexico-becomes-first-country-in-north-america-to-outlaw-animal-testing-for-cosmetics/]

further
reading

notícias e atualidade

Novo Límite de Formaldeído em Produtos Cosméticos

A Comissão Europeia publicou um projeto de regulamento para alterar o preâmbulo do Anexo V no que diz respeito ao limite para a rotulagem de substâncias que libertem formaldeído. Esta alteração resulta de um parecer científico publicado pelo SCCS concluindo que o limite atual não protege suficientemente os consumidores sensibilizados pelo formaldeído.

Read More »
notícias e atualidade

Nova Restrição ao Uso de Benzofenona-3 em Produtos Cosméticos

A Benzofenona-3 foi incluida na lista prioritária de potenciais disruptores endócrinos estabelecida pela Comissão Europeia em 2019. O SCCS foi solicitado a avaliar a segurança deste ingrediente e o Regulamento Europeu de Cosméticos será alterado de acordo com as conclusões da avaliação do Comité.

Read More »
endocrine disruptors
notícias e atualidade

Comissão Europeia Solicita Dados sobre Ingredientes com Potenciais Propriedades de Desregulação Endócrina

As substâncias classificadas como desreguladores endócrinos são compostos que podem alterar o funcionamento do sistema endócrino e afetar negativamente a saúde de humanos e animais. Em 2019, a Comissão Europeia estabeleceu duas listas de ingredientes suspeitos de terem propriedades desreguladoras do sistema endócrino. Mais recentemente, a Comissão publicou um pedido de dados para 10 ingredientes que foram incluídos no grupo de baixa prioridade (Grupo B) para que o SCCS pudesse avaliar a sua segurança.

Read More »
dispositivos médicos

Atualização do Estado da EUDAMED – 2021

O desenvolvimento e implementação da EUDAMED está em andamento. Nesta fase é fundamental seguir o plano de implementação e familiarizar-se com as informações armazenadas nos módulos da base de dados para que seja garantir o seu cumprimento regulamentar pelos operadores económicos no mercado da UE.

Read More »
notícias e atualidade

Estratégia para a Sustentabilidade dos Produtos Químicos da UE

A Estratégia para a Sustentabilidade dos Produtos Químicos foi recentement publicada pela União Europeia. Esta estratégia faz parte do Pacto Ecológico Europeu, que visa um ambiente livre de substâncias tóxicas que conduza à poluição zero. A iniciative propõe uma nova alteração legislative ao Regulamento dos Produtos Cosméticos da UE. A simplificação e digitalização dos requisitos de rotulagem e a revisão da definição de nanomaterial são dois dos objetivos desta estratégia.

Read More »
notícias e atualidade

Nanotecnologia em Produtos Solares

Os nanomateriais são cada vez mais utilizaos ​​em produtos cosméticos. Estes ingredientes são semelhantes a outros químicos/substâncias. Contudo, existem riscos específicos associados à sua utilização. Atualmente, existem 4 nanomateriais aprovados na UE para uso como filtros UV em produtos cosméticos.

Read More »
notícias e atualidade

Posso Utilizar o Butylphenyl Methylpropional em Produtos Cosméticos?

O Butylphenyl Methylpropional, também conhecido como Lilial, é um ingrediente (contido em fragrâncias) que tem sido usado há vários anos em diversos produtos cosméticos e não cosméticos. No entanto, foram expressas algumas preocupações em relação ao uso deste ingrediente e dos seus riscos para os consumidores. Em virtude das alterações introduzidas ao Regulamento CLP em 2020, o uso de Butylphenyl Methylpropional será proibido em produtos cosméticos a partir de 1 de março de 2022.

Read More »
notícias e atualidade

Como São Regulados os Produtos Cosméticos nos Emirados Árabes Unidos?

Os Emirados Árabes Unidos são um mercado emergente para a indústria cosmética. Os cosméticos disponibilizados nos EAU devem cumprir com os requisitos de saúde e segurança estabelecidos na legislação dos Emirados Árabes Unidos. De uma forma geral, o processo de importação de um produto cosmético da União Europeia para o mercado dos Emirados Árabes Unidos pode ser bastante expedito uma vez que os EAU alinharam vários dos seus requisitos com o Regulamento Cosmético Europeu.

Read More »