Critérios de Atribuição do Rótulo Ecológico da UE Estendidos a Todos os Produtos Cosméticos
O Rótulo Ecológico da UE é concedido a produtos e serviços que atendem a elevados padrões ambientais ao longo de todo o seu ciclo de vida. A Comissão Europeia publicou a Decisão (UE) 2021/1870, revendo os critérios de atribuição do rótulo ecológico (Ecolabel) da UE a produtos enxaguáveis e alargando o seu âmbito a outros produtos cosméticos e produtos de higiene animal.
Marta Pinto

Marta Pinto

Consultora Assuntos Regulamentares

RÓTULO ECOLÓGICO DA UE

O rótulo ecológico da UE (EU Ecolabel) pode ser descrito como um rótulo de excelência ambiental. O Regulamento (CE) n.º 66/2010 estabelece o sistema voluntário de rótulo ecológico da UE e respetivas regras de aplicação.

De acordo com a Comissão Europeia, o rótulo ecológico da UE “promove a economia circular ao encorajar os produtores a gerar menos resíduos e CO2 durante o processo de fabrico“. Produtores, importadores e distribuidores podem solicitar este rótulo, desenvolvendo produtos duradouros, fáceis de reparar e reciclar.

Os produtos têm que cumprir um conjunto rigoroso de critérios para se poderem qualificar para o rótulo ecológico da UE. Os critérios e atribuição do rótulo ecológico da UE baseiam-se no desempenho ambiental dos produtos, tendo em conta os objetivos estratégicos mais recentes da Comunidade no domínio do ambiente. Estes critérios são definidos por um painel de especialistas de várias partes interessadas (incluindo organizações de consumidores e indústria), considerando todo o ciclo de vida do produto. Isto significa que este rótulo é concedido a produtos e serviços que atendem a elevados padrões ambientais ao longo de seu ciclo de vida: desde a extração das matéria-primas até à produção, distribuição, utilização e eliminação/reciclagem.

O Comité do Rótulo Ecológico da União Europeia (CREUE), composto pelos representates dos organismos competentes de todos os Estados-Membros, contribui para a elaboração e revisão dos critérios de atribuição do rótulo ecológico da UE.

Os organismos competentes, que são organizações independentes e imparciais designadas pelos estados do Espaço Económico Europeu (EEE), são responsáveis ​​pela implementação do sistema de rótulo ecológico da UE a nível nacional. Estes avaliam os pedidos e atribuem o rótulo ecológico da UE aos produtos que atendem aos critérios definidos para eles.

TODOS OS PRODUTOS COSMÉTICOS PODEM AGORA PEDIR O RÓTULO ECOLÓGICO DA UE

A Comissão Europeia publicou a Decisão (UE) 2021/1870, revendo os critérios de atribuição do rótulo ecológico da UE a produtos enxaguáveis e alargando o seu âmbito a outros produtos cosméticos abrangidos pelo Regulamento Cosmético Europeu (Regulamento (CE) N.º 1223/2009) e produtos de higiene animal. Até agora, apenas produtos cosméticos enxaguáveis (como gel de banho, champôs e condicionadores) poderiam submeter-se ao pedido de atribuição do rótulo ecológico da UE. Os critérios revistos (“grupo de produtos cosméticos”) incluem agora produtos enxaguáveis ​​e não enxaguáveis, tanto ​​para uso doméstico como para uso profissional, adotando a definição de “produto cosmético” estabelecida no Regulamento de Cosméticos da UE.

O objetivo da revisão dos critérios é promover produtos com impacton reduzido em termos de ecotoxicidade e biodegradabilidades, nos quais se admita a presença de substâncias perigosas unicamente em pequenas quantidades e que utilizem menos embalagens, podendo estas ser facilmente recicladas. Deve favorecer-se a utilização de matérias primas recicladas e de embalagens recarregáveis.

A Decisão da Comissão estabelece vários critérios rigorosos, incluindo requisitos para a biodegradabilidade de tensioativos e substâncias incorporadas orgânicas, substâncias excluídas e sujeitas a restrições (por exemplo, as substâncias classificadas como CMR pelo Regulamento CLP são totalmente proibidas), requisitos de embalagem primária, aprovisionamento sustentável de óleo de palma, de óleo de palmiste e de derivados desses óleos, e vários outros requisitos.

Quer saber mais sobre o rótulo ecológico da UE? Não hesite em contatar-nos em info@criticalcatalyst.com.

Referências:

  1. Regulation (EC) No 1223/2009 of the European Parliament and of the Council of 30 November 2009 on cosmetic products.
  2. Regulation (EC) No 66/2010 of the European Parliament and of the Council of 25 November 2009 on the EU Ecolabel.
  3. Commission Decision (EU) 2021/1870 of 22 October 2021 establishing the EU Ecolabel criteria for cosmetic products and animal care products.

further
reading

notícias e atualidade

A Pessoa Responsável na UE

Na União Europeia, apenas produtos cosméticos para os quais uma Pessoa Responsável é designada na UE podem ser colocados neste mercado. A Pessoa Responsável deve garantir a total conformidade com o Regulamento Europeu relativo aos Produtos Cosméticos.

Read More »
notícias e atualidade

Lei Francesa Anti-Resíduos

A Loi relative à la lute contre le gaspillage et a l’économie circulaire (Lei Anti-resíduos para uma economia circular) entrou oficialmente em vigor na França em 2020. Alguns requisitos desta lei tornaram-se obrigatórios no início do presente ano, como o logotipo Triman. A lei prevê a proibição de todos os plásticos de uso único até 2040.

Read More »
notícias e atualidade

Opinião Preliminar do SCCS Sobre o 4-MBC

Em 2019, a Comissão Europeia estabeleceu duas listas de ingredientes suspeitos de terem propriedades desreguladoras do sistema endócrino. Como o 4-MBC (filtro UV) foi incluído no grupo de maior prioridade, a Comissão Europeia solicitou ao SCCS que realizasse uma avaliação de segurança deste ingrediente. Foi publicada a versão preliminar do parecer solicitado.

Read More »
notícias e atualidade

Revisão da Opinião do SCCS Sobre a Vitamina A

O SCCS publicou a versão preliminar da revisão do seu parecer científico sobre a Vitamina A (retinol, palmitato de retinil e acetato de retinil). O prazo para comentários foi fixado a 7 de fevereiro de 2022.

Read More »
notícias e atualidade

Restrição de Octocrileno em Produtos Cosméticos Colocados na União Europeia

Em 2019, a Comissão Europeia estabeleceu uma lista prioritária de potenciais desreguladores endócrinos. O Octocrileno era um dos ingredientes dessa lista e o SCCS foi solicitado a avaliar a sua segurança. O Regulamento Europeu de Cosméticos será alterado de acordo com as conclusões do SCCS expressas na sua avaliação.

Read More »
Health Canada Cosmetics
notícias e atualidade

Regulamentação de Produtos Cosméticos no Canadá

Os cosméticos disponibilizados no mercado do Canadá são regulados pela Health Canada e têm que estar em conformidade com a Food and Drugs Act, a Cosmetic Regulation e a Consumer Packaging and Labeling Act. Todos os produtos cosméticos devem ser seguros e não devem representar nenhum risco para o consumidor, devendo ser fabricados, preparados, conservados, embalados e armazenados em condições sanitárias.

Read More »